Follow by Email

sábado, 10 de março de 2012


Coca-Cola e Pepsi mudam suas fórmulas depois estudos que apontam substância cancerígena




A PepsiCo  e a Coca-Cola  anunciaram que mudarão a quantidade do corante 4-MI na fórmula de seus refrigerantes depois do estudo que mostrou seu potencialcancerígena. As bebidas com a quantidade reduzida de corante já eram produzidas para o estado da Califórnia, nos EUA, que exige por lei um limite menor.
O FDA, agência reguladora de alimentos e medicamentos dos Estados Unidos, afirma que uma pessoa precisaria beber mais de mil latas de Coca-Cola ou Pepsi por dia para ingerir a mesma dose da substância que foi dada aos animais em laboratório.
E agora em quem acreditar?

Nenhum comentário: