Follow by Email

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012


Plástico biodegradável, verde e oxibiodegradável: qual a diferença?

Já existem no mercado brasileiros plásticos alternativos, que não são feito de petróleo ou que são biodegradáveis. Mas nem por isso dá para usá-los à vontade

Para o consumidor brasileiro consciente, atualmente, só resta uma opção: diminuir o consumo de sacos plásticos, seja ele comum, verde, oxibiodegradável ou biodegradável. Qualquer que seja o plástico utilizado, haverá prejuízos ao meio ambiente e às cidades. Portanto, faça um uso racional dos sacos plásticos e destine à reciclagem aqueles que não for usar.


Nenhum comentário: